Terroir d´Origem Douro

Terroir d´Origem

O Baton, que também tem Tom, lembra-nos o francês “bâtonnage”, a agitação que se processa no vinho quando ganha corpo e untuosidade.

E cá do alto do Douro, de onde avistamos o Pinhão vemos o serpentear deses dois rios, emoldurados pela vinha, constante desta paisagem de sovalcos. É isso que vemos quando subimos ao Miradouro de Casal de Loivos, no Cima-Corgo, quase a tocar o céu.

É aqui que fazemos este expressivo vinho que tira partido de vinhas, velhas e novas, implantadas em solos de xisto, tirando partido das mais tradicionais castasque o Portugal autoctone pode oferecer. Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Barroca, Touriga Franca, Tinta Francisca e Sousão marcam o tinto mas não esquecemos o Viosinho, Códega, Malvasia-fina, Gouveio e Rabigato para os brancos.

E é aqui, cruzando paisagem, clima e trabalho que produzimos estes vinhos únicos de caracter profundo. Vinhos durienses a que chamámos Baton.

 

Partilhar